“Relacionamentos Conscientes
Estamos nos aproximando de um período de tempo em que as relações estão prontas para passar por uma grande reformulação. O paradigma actual não está funcionando. As pessoas estão insatisfeitas no amor; as pessoas não sabem fazer as relações funcionarem.

E, acredite ou não, isto não é uma coisa ruim. Porque quando os sistemas se quebram, é quando eles mudam. Acredito que é isso que está acontecendo na área de parceria íntima. O Colapso está nos obrigando a seguir em direcção ao amor consciente.
Então o que exactamente é uma relação consciente?
É uma relação romântica em que ambos os parceiros se sentem comprometidos com um sentido de propósito, e esse propósito é o crescimento. Crescimento individual. Crescimento colectivo como um casal. Crescimento que faz do mundo um lugar melhor.
Até agora, a maioria das pessoas entram em relacionamentos para satisfazer as suas próprias necessidades pessoais. Isso pode funcionar por alguns anos, mas eventualmente a relação nos falha, e a gente acaba insatisfeito com o resultado.
Mas quando duas pessoas se juntam com a intenção de crescimento, a relação se esforça rumo a algo muito maior que o prazer. A parceria torna-se uma jornada de evolução, e os dois indivíduos têm a oportunidade de expandir mais do que podiam sozinho. A satisfação profunda e a realização a longo prazo surgem como resultado.
Então, se você é alguém que se sente chamado para elevar sua experiência de amor romântico ao próximo nível, abaixo algumas características de um Casal Consciente:
A realidade é que estamos aqui para crescer. Fisicamente, mentalmente, emocionalmente e espiritualmente. Quando o crescimento parar, sentimos automaticamente como se alguma coisa tivesse corrido de errado. Porque ocorreu. Sem crescimento, não estamos cumprindo o propósito da nossa alma.
Casais Conscientes sabem que todos nós temos feridas do passado, e eles entendem que essas feridas serão inevitavelmente desencadeadas, principalmente em um relacionamento.
O casal consciente está disposto a olhar para as suas questões passadas e actuais em seus relacionamentos, pois sabem que ao enfrentar estes sistemas de crenças, podem evoluir para uma nova relação-realidade. Padrões disfuncionais vão se dissolver, mas só quando a gente assumir a responsabilidade por eles primeiro.
Em um relacionamento consciente, há espaço para sentir qualquer coisa. Não só isso, há espaço para expressar esses sentimentos e fantasias ao seu parceiro. Isso é território delicado… Não é fácil de fazer.
Mas também é uma das coisas mais curativas que podemos experimentar em uma parceria. A única opção é a honestidade radical: revelando partes de nós mesmos que são difíceis de compartilhar, e deixar os nossos parceiros fazerem o mesmo. Isso leva a sentir-se conhecido, visto e verdadeiramente entendido – uma combinação que irá automaticamente melhorar o seu amor.
A relação é um lugar para praticar o amor. O amor, em última análise, é uma prática. Uma prática de aceitação, estando presente, perdão, e esticando o seu coração em territórios vulneráveis. As vezes tratamos o amor como se fosse um destino. Queremos aquela sensação de pico o tempo todo, e quando não está lá, não estamos satisfeitos com o que a relação se tornou.
O amor é uma jornada e uma exploração. Está aparecendo em todas as nuances variadas do seu relacionamento e perguntando a si mesmo, o que o amor faria aqui? a resposta será diferente toda vez, e por causa disso, você vai conseguir crescer de formas que nunca fez antes!”
Texto: Shelly Bullard

Programa: Abordagem sistémica e constelações familiares

Duração: 3 horas

Formato: Online

Inclui: Manual do Workshop e Material de leitura

Extra: Caso o aluno pretenda certificado de participação (o certificado será enviado por email, e o mesmo terá um custo de 10,00€

Inscreve-te